Motoristas de ônibus anunciam paralisação nesta quarta-feira

Sindicato convoca mobilização das 11 às 14 horas nas garagens das empresas e ameaça greve geral na sexta-feira

06 de maio de 2008 | 23h32

O Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (Sindmotoristas) anunciou que fará paralisação nesta quarta-feira,7, das 11 às 14 horas. A exemplo do que houve no dia 30, quando motoristas ficaram parados nas garagens entre 5 e 6 horas, todos os serviços serão paralisados para informar sobre as negociações com o sindicato patronal. Segundo o Sindmotoristas, no dia 20 de março foi protocolada a pauta de reivindicações no SP-Urbanuss, e até agora as negociações não avançaram. Os motoristas querem 5,54% (inflação do período pelo INPC/IBGE) mais 5% de aumento real, participação nos lucros e resultados e renovação das cláusulas sociais, de saúde e segurança do trabalho. Caso não seja atendido, o sindicato promete greve geral a partir de sexta-feira. O Secretário Municipal de Transportes, Alexandre de Moraes, pediu aos motoristas que não parem de trabalhar. Ele divulgou nota em que diz confiar "na sensibilidade de ambos os sindicatos".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.