Motorista que deixou caminhão na marginal não é identificado

Veículo é abandonada na altura da raia olímpica da USP, na Marginal do Pinheiros, mas assaltantes fogem

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

17 de julho de 2007 | 11h30

O motorista do caminhão roubado e abandonado na altura da raia olímpica da USP, na Marginal do Pinheiros, na manhã desta terça-feira, 17, continua desaparecido, segundo informações da Polícia Militar. Um segundo suspeito pelo roubo do caminhão, que não transportava carga, foi detido e prestaria depoimento na 28º Delegacia de Polícia, na Freguesia do Ó, na zona norte da capital. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, uma equipe teria procurado o motorista no Rio Pinheiros, mas não havia indícios de que ele teria se jogado no rio para fugir da polícia. O caminhão foi abandonado, por volta das 7 horas, na pista sentido Interlagos da Marginal do Pinheiros. O helicóptero águia da Polícia militar foi acionado para ajudar na procura dos bandidos. Mas a Polícia Militar continuava a operação em busca de mais suspeitos. Ainda não havia informações sobre onde o caminhão teria sido roubado nem sobre a identidade do motorista. De acordo com informações da Polícia Civil, o caminhão teria sido levado ao 93º DP, no Jaguaré, zona oeste da cidade, e estaria aguardando a chegada do dono do veículo, que deveria chegar até às 15 horas desta terça. O dono do caminhão, João Brugnago Junior, é do município de Marília e já estaria a caminho da capital paulista.  Texto alterado às 12h10 para acréscimo de informações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.