Motorista que colidiu em moto e matou um em SP é identificado

Ônibus bateu em moto na Avenida Giovanni Gronchi; após acidente, que deixou mais um ferido, motorista fugiu

Rita Cirne, Central de Notícias

04 de setembro de 2009 | 15h57

A polícia já identificou o motorista de ônibus que fugiu após atingir uma motocicleta na Avenida Giovanni Gronchi, zona sul de São Paulo, na madrugada de quinta-feira, matando um homem de 24 anos e deixando outro gravemente ferido. Trata-se de Deusdimar Marques da Rocha, de 49 anos. De acordo com Celso Lahoz Garcia, delegado do 89.º Distrito Policial, responsável pelo caso, o motorista deve prestar depoimento só na próxima quarta-feira, 9.

 

Garcia informou que graças às imagens do acidente fornecidas pela Polícia Militar, os fiscais da São Paulo Transporte (SPTrans) identificaram o ônibus e o encaminharam à delegacia onde está sendo periciado. O ônibus faz parte da cooperativa Unicoopers. "A cooperativa já havia iniciado o reparo do ônibus, o que é irregular, mas a representante da cooperativa alegou que o motorista não deu detalhes sobre o acidente. Ele teria dito que bateu em alguma coisa que não identificou. Não podemos dizer que a cooperativa quer encobrir o delito do motorista, mas é uma irregularidade", afirmou.

 

Ainda segundo o delegado, o motorista deve ser indiciado, a princípio, por homicídio culposo, pois além de ter feito uma conversão irregular, fugiu do local e não prestou ajuda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.