Google Maps
Google Maps

Motorista que atropelou skatistas na Augusta é ouvido em delegacia

Polícia localizou o condutor e o levou ao 4º DP para prestar depoimento; ao menos 2 vítimas foram hospitalizadas

Fábio Leite, O Estado de S.Paulo

26 de junho de 2017 | 13h21
Atualizado 26 de junho de 2017 | 15h57

SÃO PAULO - A Polícia Civil localizou e levou à delegacia nesta segunda-feira, 26, o motorista que atropelou skatistas durante o evento Go Skate Day na Rua Augusta, na região central de São Paulo, no domingo, 25. O servidor público José Iriovaldo Ferreira, de 55 anos, telefonou à polícia na manhã desta segunda-feira, 26, e confirmou que conduzia o EcoSport que atingiu os participantes do evento em celebração ao Dia Mundial do Skate. Ferreira já havia sido identificado pela polícia, que fez plantão na porta de sua casa mas não o encontrou.

Ao menos duas pessoas ficaram feridas após o atropelamento, sendo um homem de 20 anos e outro de 30. Segundo a Polícia Civil, o condutor será indicado por lesão corporal dolosa, fuga de local de crime e periclitação de vida. Ferreira prestou depoimento no 4º Distrito Policial (Consolação) por volta das 13h, após a polícia ter ido até seu local de trabalho, em Itapevi, para buscá-lo.  

À polícia, ele disse que a rua não estava interditada no momento do atropelamento, e que atingiu acidentalmente um dos skatistas. Após o primeiro atropelamento, ele teria ficado assustado e avançou sobre as outras pessoas que estavam na via, segundo o depoimento. Ferreira disse que sua mãe, de 80 anos, e um amigo também estavam no carro no momento do incidente.  

A Polícia Civil vai entrar em contato com a Prefeitura Regional da Sé e com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) para averiguar se a Rua Augusta estava, ou não, interditada no momento do atropelamento.

Atropelamento

O atropelamento aconteceu no fim da manhã de domingo, quando os skatistas desciam a via em direção ao Vale do Anhangabaú, onde o Go Skate Day se encerraria. 

Em um vídeo postado nas redes sociais, um fiscal da CET aparece acompanhando a descida no momento em que o veículo atinge diversos skatistas, dos quais um chega a ficar parado sobre o capô enquanto o veículo segue em movimento. 

Uma das vítimas foi encaminhada para o Pronto Socorro da Lapa, na zona oeste, enquanto a outra foi atendida na Santa Casa de Misericórdia, no centro, com uma possível fratura na perna. No momento dos atropelamentos, uma terceira vítima foi atendida pelo Corpo de Bombeiros, também do gênero masculino.

Marcado em celebração ao Dia Mundial do Skate, comemorado em 21 de junho, o Go Skate Day tinha concentração marcada para as 10 horas na Avenida Paulista, em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp). Na chegada ao Vale do Anhangabaú, estavam programadas apresentações musicais, com encerramento às 20 horas. No Facebook, 5,9 mil pessoas confirmaram presença no evento.

Veja abaixo vídeos do atropelamento:

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.