Motorista que atropelou e matou 3 na Imigrantes confessa embriaguez

Kombi atropelou empresário, policial rodoviário e outro motorista que estavam parados no acostamento para resolver um problema mecânico

Fabiana Marchezi, do estadão.com.br

04 de julho de 2010 | 16h39

SÃO PAULO - O motorista Iremar de Souza Lima, de 40 anos, que atropelou e matou três pessoas que estavam no acostamento do quilômetro 12 da Rodovia dos Imigrantes, que liga a capital paulista ao litoral sul do Estado, na noite de sábado, 3, confessou ter ingerido bebida alcoólica.

 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, o teste do bafômetro confirmou a embriaguez. Lima foi preso em flagrante e indiciado por homicídio culposo na direção de veículo e embriaguez ao volante.

 

A Kombi conduzida por Lima atropelou o empresário Eduardo Flausino Cardoso, 43 anos, o policial rodoviário estadual Rodrigo Pereira e o motorista do guincho da concessionária Ecovias Nilson Ribeiro. Os três morreram na hora.

 

Segundo o boletim de ocorrência, o acidente aconteceu por volta das 19h15, quando Pereira e Ribeiro prestavam socorro ao empresário, que estava parado no acostamento por causa de problemas mecânicos em seu carro.

 

O motorista da Kombi foi encaminhado ao pronto-socorro de Diadema e depois de receber os primeiros socorros foi ao 97º Distrito Policial para se submeter ao teste do bafômetro. Em seguida, ele foi encaminhado ao Hospital Público de Diadema, onde segue internado sob escolta da Polícia Militar, ainda segundo a SSP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.