Motorista que atropelou 17 ciclistas vai a júri

A juíza da 1.ª Vara do Júri de Porto Alegre, Carla Fernando De Cesaro, determinou que Ricardo Neis, de 48 anos, que atropelou 17 ciclistas em 2011, vá a júri popular. O funcionário do Banco Central é acusado de 17 tentativas de homicídio. Neis está em liberdade e pode recorrer. Ele diz ter se desesperado com a agressividade dos ciclistas e acelerado para proteger o filho.

O Estado de S.Paulo

16 de junho de 2012 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.