Motorista morre após carreta explodir em estrada de Minas

Cabine foi arremessada a cerca de 50 metros pelo impacto da explosão; veículo transportava álcool combustível

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

23 Janeiro 2009 | 13h44

O motorista de uma carreta morreu após o veículo tombar e explodir, por volta das 13h30 da quinta-feira, 22, na Rodovia BR-267, na região de Juiz de Fora, em Minas Gerais. Sidnei Bernardes do Nascimento, de 30 anos, morreu depois que a cabine do caminhão foi arremessada a cerca de 50 metros do local do acidente devido à explosão.   A carreta, um bi-trem, que transportava álcool combustível, tombou na altura do km 139 ao fazer uma curva e acabou batendo em uma mureta de proteção da rodovia. O álcool que vazou para a pista causou a explosão.   A cabine se soltou do tanque e foi arremessada a cerca de 50 metros, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal. O tanque ficou parcialmente submerso no Rio do Peixe, a cerca de 150 metros da ponte. Técnicos já vistoriaram o rio e constataram que não houve contaminação da água, segundo a PRF.

Mais conteúdo sobre:
estradas morte nas estradas Minas Gerais

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.