JB Neto/AE
JB Neto/AE

Motorista invade loja, é baleado e morre na zona leste de SP

Após a colisão, um dos ocupantes de moto que perseguia o veículo foi até a janela e disparou várias vezes

Ricardo Valota, do estadao.com.br,

01 de dezembro de 2009 | 07h40

O motorista de um Fiat Pálio branco foi baleado, por volta das 20h15 desta segunda-feira, 30, após ser perseguido por ocupantes de uma moto, na zona leste de São Paulo. O carro acabou invadindo uma loja de roupas na esquina da Avenida Luiz Imparato com a Rua Olavo Egídio de Souza Aranha, na Vila Cisper, região de Ermelino Matarazzo, zona leste de São Paulo. Gravemente ferido por vários tiros, Robson Ribeiro Tupinambá, de 28 anos, morreu no local.

 

Uma viatura do Instituto Médico Legal (IML) chegou ao local para retirar o corpo às 2h45, após trabalho de peritos do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ao invadir a loja, o veículo acabou atingindo a balconista Layze Dantas de Andrade, de 19 anos, que teve fratura em uma das pernas e foi encaminhada por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o pronto-socorro de Ermelino Matarazzo.

 

Testemunhas disseram à polícia que segundos depois do veículo invadir a loja, um dos ocupantes da moto, que estaria perseguindo o Fiat, foi até a janela do motorista e disparou várias vezes contra Robson. Não se sabe ainda se foi uma briga de trânsito ou se o motorista do Pálio foi vítima de homicídio premeditado. Na loja estavam o casal de proprietários, os filhos e a balconista. Somente a funcionária ficou ferida. Segundo a polícia, Robson já tinha antecedente criminal.

 

Baleados

 

No final da noite, na mesma região, próximo ao local onde o veículo invadiu à loja, dois adolescentes, portando uma arma de brinquedo, foram baleados, um nas nádegas, outro em uma das pernas, ao tentarem assaltar um bar na Rua Bezerros. As vítimas foram encaminhadas ao mesmo hospital para onde foi levada a funcionária da loja. Ambos os casos foram registrados no 62º Distrito Policial, da Ponte Rasa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.