Motorista enfrenta lentidão apenas na Régis e Imigrantes

Segundo a Ecovias, Imigrantes registra 13 quilômetros de congestionamento; Régis é finalmente liberada

Paulo R. Zulino, do estadao.com.br,

29 de dezembro de 2007 | 18h18

Depois de um dia de muito calor e congestionamento nas estradas do País, o motorista enfrentava lentidão por volta das 18h deste sábado, 29, apenas na Rodovia dos Imigrantes e na Régis Bittencourt. De acordo com a Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes, havia 13 quilômetros de congestionamento, entre os quilômetros 40 e 53, devido ao excesso de veículos. Na Rodovia Régis Bittencourt, a Polícia Rodoviária Federal informou que, às 16h40, finalmente foi liberada a pista no quilômetro 548, na altura de Barra do Turvo, que estava bloqueada desde a madrugada deste sábado em razão do tombamento de uma carreta que transportava produto químico.   Veja também: Ao vivo: sistema Castelo Branco-Raposo Tavares Ao vivo: sistema Anhangüera-Bandeirantes Ao vivo: sistema Anchieta-Imigrantes  Ao vivo: Rodovia Presidente Dutra  Ao vivo: estradas que dão acesso ao litoral   Os motoristas que seguem em direção ao sul do País pela Régis enfrentavam 11 quilômetros de lentidão na altura do quilômetro 336, em Juquitiba, local onde a pista é simples e havia excesso de veículos.   A Via Anchieta, de acordo com a Ecovias, não apresentava mais morosidade e quem preferir pode utilizar tanto a pista sul como a norte da rodovia para chegar ao litoral. Até 18h deste sábado, passaram pelos pedágios 6,8 mil veículos. O acumulado desde a última quinta-feira, 27, é de 458 mil carros.   Nas outras principais estradas de São Paulo, como Fernão Dias, Castello Branco, Raposo Tavares e Sistema Anhangüera-Bandeirantes, o movimento seguia normal até o final desta tarde e não foram informados acidentes graves.   Na Rodovia Presidente Dutra, que liga o Rio de Janeiro a São Paulo, o movimento também era tranqüilo. Pela manhã deste sábado, o engavetamento de um caminhão, um ônibus e uma carreta, na altura do quilômetro 154, deixou 20 feridos, segundo o Corpo de Bombeiros. Desses apenas dois se encontram em estado moderado, enquanto os demais sofreram apenas ferimentos leves.

Tudo o que sabemos sobre:
Trânsitolentidão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.