Motorista embriagado invade parque e atropela pai e bebê

Criança de 8 meses foi internada em estado grave com afundamento de crânio; motorista não tinha habilitação

Ricardo Valota, da Central de Notícias,

09 Março 2010 | 01h14

Ao volante de um Volkswagen Apolo, bêbado e sem habilitação, Jailton Alves da Silva, de 36 anos, por volta das 18 horas de segunda-feira, 8, invadiu o Parque dos Paturis, em Carapicuíba, região oeste da Grande São Paulo, e atropelou duas pessoas, o comerciante Edmilson Marques Santos, de 44 anos, e o filho deste, Henrique Santos, de 8 meses. Com afundamento de crânio, a criança foi encaminhada por testemunhas para o Hospital Regional de Osasco, onde continua internada em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

 

Segundo policiais militares da 2ª Companhia do 33º Batalhão, que detiveram Jailton, a informação sobre uma suposta morte cerebral da criança não havia sido confirmada pelo hospital. O comerciante teve fraturas na bacia e na clavícula e foi levado por uma ambulância do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) para o Hospital Geral de Carapicuíba (antigo Sanatorinhos), onde continua internado.

 

No momento em que Jailton invadiu o parque, o comerciante estava em uma área concretada e o filho dele, no andador. Segundo a polícia, o responsável pelo atropelamento teria perdido o controle do carro, que está no nome dele. O Apolo não é licenciado desde 2006. Os policiais informaram que essa é a quarta vez que Jailton é flagrado ao volante e bêbado.

Mais conteúdo sobre:
bêbado atropelamento Paturis

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.