Motorista em fuga e bêbado fere 12 na Castelo Branco

Caminhoneiro bateu em quatro carros e uma moto para escapar de guardas municipais que o perseguiam após ele ter furado bloqueio

JOSÉ MARIA TOMAZELA, SOROCABA, O Estado de S.Paulo

05 Março 2012 | 03h04

Perseguido por guardas municipais, o motorista Sidnei Rodrigues Chaves, de 37 anos, entrou com seu caminhão Mercedes-Benz na Rodovia Castelo Branco, em Barueri, e foi batendo nos veículos que estavam à sua frente. Doze pessoas ficaram feridas, uma em estado grave. Quatro carros e uma moto foram atingidos.

Entre as vítimas está um homem que acompanhava o motorista infrator. Chaves não tinha habilitação e estava bêbado, segundo a polícia. Ele foi preso em flagrante. O acidente aconteceu às 21h50 de sábado.

De acordo com a Polícia Civil de Barueri, o motorista recebeu ordem para parar em uma blitz dos guardas municipais em Santana do Parnaíba, mas acelerou o caminhão e furou o bloqueio.

Os guardas saíram em sua perseguição, mas as viaturas só alcançaram o fugitivo no km 26 da Castelo Branco, sentido interior. Em vez de parar, o motorista tentou abrir caminho jogando o caminhão contra os veículos que estavam à frente.

Ele atingiu um GM Prisma, um Hyundai Santa Fé, um Mitsubishi Pajero, um Fiat Ducato e uma moto.

Seis pessoas que estavam nos veículos, além do acompanhante do motorista, tiveram de ser atendidas em hospitais da região. O ferido em estado grave foi levado para o Hospital Regional de Sorocaba e continuava internado ontem. Outras quatro pessoas tiveram ferimentos leves e foram dispensadas, após serem atendidas no local.

Quando finalmente o caminhão parou, Chaves foi preso por policiais rodoviários e levado para o plantão da Polícia Civil na Delegacia Central de Barueri. Ele foi submetido ao teste do bafômetro, quando ficou constatada a ingestão de bebida alcoólica acima do nível tolerado.

A carteira de habilitação do motorista estava vencida e a documentação do veículo, irregular. O caminhão, danificado pelas colisões, foi apreendido.

Ontem, o caminhoneiro foi transferido para a Cadeia Pública de Cotia. Ele pode responder pelos crimes de direção perigosa, embriaguez ao volante e tentativa de homicídio, além de lesões corporais.

O acidente causou um congestionamento de três quilômetros na pista sentido interior da Castelo Branco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.