Motorista é morto ao reagir a assalto no Rodoanel em Osasco

Vítima foi surpreendida quando parou no acostamento para esposa assumir a direção do carro

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

15 de fevereiro de 2008 | 05h50

O motorista de um Fiat Pálio foi morto, por volta das 21 horas de quinta-feira, 14, ao reagir a um assalto na altura do quilômetro 24 da pista sentido Castello Branco do Rodoanel, em Osasco, na Grande São Paulo. A vítima, Daniel Moreira, de 58 anos, que trabalha como porteiro, parou o carro no acostamento para passar a direção do veículo à esposa, a vendedora Neuza Maria da Silva, de 49 anos. Neste momento, dois homens armados saíram do matagal e anunciaram o assalto, exigindo o carro. Segundo Neuza, para evitar o roubo, o marido teria se atracado com o assaltante e foi baleado. A dupla entrou no carro e fugiu, abandonado o veículo 800 metros à frente. Mesmo levado para o pronto-socorro municipal do Jardim Santo Antonio, também em Osasco, o porteiro não resistiu aos ferimentos e morreu. Até as 5 horas desta sexta-feira, ninguém havia sido preso.

Tudo o que sabemos sobre:
RodoanelassaltoOsascoassassinato

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.