Motorista deve aproveitar a tarde desta quinta para viajar

Movimento ainda está tranqüilo em todas as estradas; tráfego deve se intensificar a partir das 17 horas

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

20 de março de 2008 | 15h39

Os motoristas que pretendem viajar neste feriado de Páscoa, para o litoral ou o interior do Estado, devem aproveitar a tarde desta quinta-feira, 20. Segundo informações das polícias rodoviárias e das concessionárias das principais rodovias que cortam a cidade, o movimento ainda está tranqüilo em todas as estradas. O tráfego deve se intensificar a partir das 17 horas, na maioria dos rodovias, principalmente nas que ligam a cidade ao litoral, de acordo com o Desenvolvimento Rodoviário S.A. (Dersa).  Veja também:Ao vivo: Castelo Branco-Raposo Tavares Ao vivo: sistema Anhangüera-Bandeirantes Ao vivo: Rodovia Presidente Dutra  Ao vivo: estradas que dão acesso ao litoral  O que abre e fecha em São Paulo no feriadão 1,5 milhão de carros lotarão as estradas paulistas no feriadão PRF anuncia 'lei seca' mais dura para o feriadão de Páscoa Veja testes com mais de 200 ovos de chocolate Às 15h30, a rodovia dos Tamoios já apresentava tráfego intenso, mas sem pontos de paradas. O movimento estava tranqüilo no sistema Anchieta-Imigrantes, no sentido litoral, assim como a Rodovia Presidente Dutra e Ayrton Senna. O tráfego estava lento entre os quilômetros 17 e 16 da marginal sul, sentido Litoral, da via Anchieta, em função de uma queda de moto. Já no sentido interior do Estado, os sistemas Anhanguera-Bandeirantes e Castelo Branco-Raposo Tavares não registravam lentidão. Apenas um trecho da Castelo Branco, entre os quilômetros 22 e 25, na direção do interior, estava com tráfego complicado, devido ao excesso de veículos. As demais rodovias, como Fernão Dias e Régis Bittencourt apresentavam trânsito acima do normal, mas sem pontos de morosidade, segundo a Polícia Rodoviária Federal. Não havia registro de acidentes em nenhuma rodovia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.