Divulgação
Divulgação

Motorista de ônibus é morto por passageiro na zona sul de SP

Vítima foi baleada na cabeça ao descer do coletivo após uma discussão durante a viagem; criminoso não foi preso pela polícia

Rafael Italiani, O Estado de São Paulo

17 Novembro 2015 | 11h20

Atualizada às 11h40

SÃO PAULO - O motorista de um ônibus municipal foi morto com um tiro na cabeça disparado por um passageiro no bairro Valo Velho, no extremo sul da capital. Segundo a Polícia Militar, que atendeu Jorge Ferreira Leite, de 57 anos, a vítima foi levada já em estado grave para o Hospital do Campo Limpo na tarde desta segunda-feira, 16.

Até a manhã desta terça-feira, 17, o atirador não tinha sido preso. O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo (SP-Urbanuss) classificou o caso como “lastimável” e disse esperar a “a ação das autoridades policiais”. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Leite morreu na manhã desta terça-feira.

A vítima foi alvejada após descer do ônibus que faz a linha Valo Velho-Terminal Capelinha, da Viação Campo Belo, por volta das 17 horas. O motivo do disparo efetuado pelo passageiro teria sido uma discussão, que começou logo após o ônibus partir do terminal urbano. O criminoso permaneceu no veículo até o ônibus parar no ponto final da linha. Ele aguardou Leite descer do coletivo, sacou uma arma e disparou. 

Mais conteúdo sobre:
Violência São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.