Motorista de Mercedes morre ao bater em viatura da PM e capotar o carro

Em depoimento, namorada afirma que veículo estava a 140km/h no momento do acidente

Pedro da Rocha e Solange Spigliatti, estadão.com.br

12 de setembro de 2011 | 03h28

SÃO PAULO - Uma Mercedes Compressor capotou na madrugada desta segunda-feira, 12, após o motorista, de 20 anos, perder o controle do veículo na Marginal Pinheiros, bater em uma mureta e colidir com uma viatura da Polícia Militar (PM) que estava parada. O condutor, Patrick Fiks Braukirer Fajer, de 20 anos, foi jogado para fora do carro e morreu na hora.

 

A namorada dele, que estava no banco de passageiro e usava o cinto de segurança, teve lesões leves na mão e no joelho. Os dois policiais militares foram encaminhados ao Hospital Universitário, onde foram medicados e liberados. O acidente aconteceu às 00h45, na Marginal Pinheiros, sentido Interlagos, próximo à Ponte do Morumbi.

 

Em depoimento durante a manhã desta segunda-feira, a namorada de Fajer afirmou que o veículo estava a 140 km/h no momento do acidente. Segundo ela, o namorado dirigia em alta velocidade e chegou a comentar que estava a 140 km/h. Fajer teria perdido o controle do carro ao tentar pegar uma carteira do bolso.

 

Atualizada às 12h30

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.