Gabriela Biló/Estadão
Gabriela Biló/Estadão

Motorista de aplicativo é preso suspeito de estuprar passageira

Caso aconteceu no sábado na Barra Funda, zona oeste de São Paulo; condutor teria dopado vítima com 'boa noite, Cinderela'

Ana Paula Niederauer e Felipe Cordeiro, O Estado de S.Paulo

16 de agosto de 2019 | 17h35

SÃO PAULO - Um motorista de aplicativo foi preso nesta quinta-feira, 15, suspeito de estuprar uma passageira de 32 anos na região da Barra Funda, na zona oeste de São Paulo, no último sábado, 10.

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo informou, em nota, que o suspeito foi reconhecido pela vítima. A prisão ocorreu em cumprimento a um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça.

O caso é investigado pela 9ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), e o motorista está detido no 2º Distrito Policial (Bom Retiro), na região central da capital.

De acordo com o portal de notícias G1, a Polícia Civil investiga se o motorista dopou a passageira com o pré-anestésico conhecido como "boa noite, Cinderela" ao servir água para ela.

Ainda segundo o site, a vítima perguntou ao condutor do veículo se ele tinha água. O motorista respondeu que não, mas parou em um posto de combustíveis para comprar. A mulher teria sido estuprada depois de beber o líquido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.