Motorista bêbado invade contramão, bate em carro e mata dois

Avô e neto morreram no acidente em Gavião Peixoto, no interior de São Paulo; quatro ficaram feridos na colisão

Brás Henrique, O Estado de S.Paulo

09 Março 2009 | 14h43

Antonio Celso de Paula, de 63 anos, foi preso em flagrante, na noite de domingo, e indiciado por duplo homicídio doloso. Ele é acusado de ter causado um acidente com duas mortes e de estar embriagado. O acidente ocorreu às 20 horas, no km 1 da Rodovia Leonardo Cruz, em Gavião Peixoto, na região de Ribeirão Preto. O choque foi frontal entre dois veículos e De Paula ainda estava dirigindo na contramão. O motorista Antonio Joaquim Neto, de 58 anos, morreu no local, e seu neto, Anderson Henrique Barbosa Joaquim, de apenas dois meses, não resistiu chegar ao pronto-socorro. Outras três pessoas que estavam no carro ficaram feridas: Anderson Joaquim, de 22 anos, e Graziela Cristina Barbosa, de 23, pais da criança, e Rosangela Morelli Joaquim, de 43. De Paula foi levado ao pronto-socorro, onde foi submetido a exame de sangue e teste clínico. A embriaguez do motorista foi constatada e ele foi levado à delegacia, para registro do flagrante por duplo homicídio doloso. Depois, ele foi levado à Cadeia de Rincão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.