Motorista bêbado fura bloqueio e mata pedestre na Imigrantes

Responsável por atropelamento se recusou a soprar bafômetro, mas tinha sinais de embriaguez, segundo a Polícia Militar Rodoviária; ele deve responder por homicídio culposo

O Estado de S. Paulo

11 de dezembro de 2016 | 20h22

SÃO PAULO - Um motorista com sinais de embriaguez furou um bloqueio e atropelou um pedestre na Rodovia Imigrantes, na altura de São Vicente, no litoral sul paulista, na noite desse sábado, 10. A vítima, identificada como Maurício Thomaz Júnior, morreu no momento da colisão. 

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, o motorista, que dirigia um Kia Sportage, é Aurélio Caldas. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas os policiais perceberam que ele estava alcoolizado. A interdição do trecho, que está em obras, está sinalizada. 

As idades do motorista e da vítima não foram informadas. Caldas foi encaminhado à Polícia Civil. Ele teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apreendida e  deve responder por homicídio culposo.

Outros casos. Em julho, um motorista atropelou e matou um ciclista, que também teve o braço decepado, na Imigrantes, na altura de Diadema. O dono do veículo alegou fugir de assaltantes. Em setembro, outro motorista bêbado matou um ciclista, também na altura de Diadema.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.