Motorista bêbado fura bloqueio e mata pedestre na Imigrantes

Responsável por atropelamento se recusou a soprar bafômetro, mas tinha sinais de embriaguez, segundo a Polícia Militar Rodoviária; ele deve responder por homicídio culposo

O Estado de S. Paulo

11 Dezembro 2016 | 20h22

SÃO PAULO - Um motorista com sinais de embriaguez furou um bloqueio e atropelou um pedestre na Rodovia Imigrantes, na altura de São Vicente, no litoral sul paulista, na noite desse sábado, 10. A vítima, identificada como Maurício Thomaz Júnior, morreu no momento da colisão. 

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, o motorista, que dirigia um Kia Sportage, é Aurélio Caldas. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas os policiais perceberam que ele estava alcoolizado. A interdição do trecho, que está em obras, está sinalizada. 

As idades do motorista e da vítima não foram informadas. Caldas foi encaminhado à Polícia Civil. Ele teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apreendida e  deve responder por homicídio culposo.

Outros casos. Em julho, um motorista atropelou e matou um ciclista, que também teve o braço decepado, na Imigrantes, na altura de Diadema. O dono do veículo alegou fugir de assaltantes. Em setembro, outro motorista bêbado matou um ciclista, também na altura de Diadema.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.