Motorista bêbado de acidente que matou grávida e bebê será levado para CDP

O representante comercial Carlos Alberto Aparecido de Souza Dias Fiore, de 29 anos, acusado de dirigir bêbado e causar a morte de uma comerciante grávida e do bebê dela em um acidente de trânsito, será transferido hoje para o Centro de Detenção Provisória (CDP) II de Guarulhos, na Grande São Paulo.

O Estado de S.Paulo

03 de janeiro de 2012 | 03h05

A comerciante Lilian dos Santos, de 30 anos, tinha passado o réveillon com parentes e retornava para casa quando seu Fiat Idea foi atingido pelo Peugeot 207 dirigido por Fiore. O acidente ocorreu em cruzamento no Jardim da Saúde, na zona sul. Fiore foi preso em flagrante por embriaguez ao volante, homicídio doloso e lesão corporal. Laudo atestou que ele estava bêbado. Fiore já havia sido detido por dirigir embriagado em 2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.