Motorista bêbado bate em três veículos e capota na Radial Leste

Embriagado, cambaleando e sem conseguir falar, Jonny da Silva foi carregado por policiais e autuado

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

22 Março 2011 | 03h23

SÃO PAULO - O motorista de um Fox vermelho bateu contra três carros e depois capotou, parando somente ao atingir um muro, por volta das 21h45 de segunda-feira, na pista sentido centro da Radial Leste junto à Rua Itagimirim, na região de Itaquera, zona leste de São Paulo.

 

Visivelmente embriagado, cambaleando e sem conseguir articular as palavras, Jonny Campanili da Silva, de 37 anos, foi levado pelos braços por PMs até a viatura, não porque ameaçava fugir, mas porque não conseguia se equilibrar.

 

O acidente ocorreu num trecho de curva onde há fiscalização por radar e os motoristas não ultrapassam 60 km/h. Após fechar um ônibus, Silva bateu contra um Hyundai Tucson, contra um Astra prata e depois violentamente na traseira de um Prisma vermelho, cujo motorista sofreu ferimentos leves nos braços e nas costas.

 

O estado de embriaguez de Jonny era tão alto que ele não se deu conta de que tentava abrir com a chave do seu próprio veículo, capotado na avenida, um dos carros no qual havia batido.

 

O motorista bêbado foi encaminhado ao plantão do 65º Distrito Policial, de Artur Alvim, e autuado em flagrante por embriaguez ao volante. Porém, ele pagou fiança de R$ 300 e foi liberado.

 

Legislação. De acordo com a lei, quem for pego com índice entre 0,1 a 0,33 mg de álcool por litro de ar expelido paga uma multa de R$ 957,20 e corre o risco de ter a carteira de habilitação suspensa de 12 a 24 meses.

 

Acima de 0,33 mg, além de pagar a multa e correr o risco de perder a habilitação, o infrator é levado para a delegacia e responde criminalmente, podendo pegar uma pena que varia de 6 meses a 3 anos. O motorista só é liberado, para responder em liberdade, após pagar uma fiança de R$ 300 a R$ 1.200.

Mais conteúdo sobre:
Embriaguez, Radial Leste

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.