Motorista atropela e mata três mulheres na rodovia Índio Tibiriçá

Jovem embriagado não conseguiu frear veículo e invadiu acostamento onde estavam as mulheres

Efe

12 Setembro 2010 | 18h21

SÃO PAULO - O vendedor Valter Francisco Camello Júnior, 25 anos, embriagado ao volante de uma picape Montana preta, atropelou e matou três pessoas, por volta das 21 horas de sábado, 11, na altura do quilômetro 33 da Rodovia Índio Tibiriçá, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista.

 

Detido por policiais rodoviários após o acidente, o rapaz disse que, ao ver o tráfego parado, não conseguiu frear a tempo e atingiu a traseira de um Volkswagen Polo preto, derrapando na pista e invadindo o acostamento. Valter ainda afirmou que não percebeu ter atingindo nenhum pedestre, mas três mulheres foram encontradas caídas próximo ao local do acidente.

 

A vendedora Vera Lúcia Panta Ariosa, de 52 anos, a filha dela, a bancária Ana Paula Panta Ariosa, 27, a uma amiga delas, a secretária Talita Barroso Ramos, 23, foram encaminhadas ao pronto-socorro central de São Bernardo do Campo. Talita e Vera morreram a caminho e, Ana Paula, quando era atendida na unidade médica. As três haviam estacionado o carro e andavam pelo acostamento em direção a uma casa de shows localizada na região quando foram atingidas pela picape.

 

O vendedor se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas, no Instituto Médico Legal (IML) de Santo André, foi constatada a embriaguez do rapaz, que acabou detido em flagrante e autuado no 3º Distrito Policial de São Bernardo por homicídio doloso. Valter será transferido para um Centro de Detenção Provisória (CDP) da cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.