Motorista atropela e mata mãe e dois filhos na zona sul de São Paulo

Motorista atropela e mata mãe e dois filhos na zona sul de São Paulo

Testemunhas contaram à polícia que o veículo estava em alta velocidade; motorista não prestou socorro às vítimas

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

30 Junho 2018 | 17h31

Uma mulher e seus dois filhos morreram atropelados na noite dessa sexta feira, 29, quando atravessavam a faixa de pedestre na Avenida Caldeira Filho, Campo Limpo, zona sul de São Paulo.

Cristina Aparecida Solange Coelho, de 43 anos, e a filha Camila, de 9 anos, morreram na hora. Um bebê de 1 ano e um menino de 9 anos foram socorridos no Hospital do Campo Limpo. Posteriormente, o mais novo não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), testemunhas contaram que um veículo, BMW preta, estava em alta velocidade, acima do limite permitido na via, de 50 km/h, quando atropelou a família.

+++Motorista atropela e mata criança de 6 anos e é linchado na zona leste

O comerciante Mohamed Zogbi, de 33 anos, não prestou socorro às vítimas, mas testemunhas que presenciaram o acidente foram atrás do motorista e conseguiram interceptá-lo mais adiante.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o motorista realizou teste do bafômetro e deu negativo.

+++ Mulher é atropelada em frente a hotel de luxo na Oscar Freire, em SP

Foi solicitado auto de prisão em flagrante ao comerciante, que será encaminhado para audiência de custódia e foi determinada a apreensão do veículo BMW devido irregularidades administrativas e restrição por bloqueio judicial. 

O caso foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo e lesão corporal. O caso foi registrado no 89ºDP - Portal do Morumbi.

Em nota, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que a Avenida Carlos Caldeira Filho é monitorada e fiscalizada pelas equipes de campo, inclusive por radares. No texto, a CET alerta que para ter um trânsito seguro, é preciso que todos respeitem as leis de trânsito, obedecendo ao limite de velocidade permitido das vias e à preferência de pedestres e ciclistas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.