Motorista atingida por caminhão continua em estado grave

Mulher de 57 anos está internada no HC e passou por uma série de cirurgias; motorista foi indiciado

Solange Spigliatti, estadao.com.br

31 Março 2009 | 11h52

A motorista da van que também foi atingida por um caminhão em frente a uma escola na tarde da segunda-feira, 30, continua em estado grave. Maria Helena dos Santos, de 57 anos, está internada no Hospital das Clínicas. O acidente aconteceu em frente ao Emei Maria Alice Mencarine Foracchi, no Grajaú, zona sul de São Paulo. O motorista foi indiciado pelo acidente, que deixou um menino de 6 anos morto. Nesta terça, a escola deve ficar fechada.

 

Veja também:

link Motorista é indiciado; corpo de menino que morreu é velado

 

Maria Alice, que teve traumatismo craniano, passou por cirurgias na cabeça e na perna, no fim da tarde da segunda. Médicos das áreas de ortopedia e neurologia do hospital realizaram os procedimentos cirúrgicos.

 

O caminhão, que levava cerca de cinco toneladas de cestas básicas, estava estacionado em uma ladeira a cerca de 30 metros da escola, quando perdeu o freio e desceu a rua de ré.

 

Segundo o motorista, o veículo estaria calçado e com o freio de mão puxado. Nove crianças e a motorista foram atropeladas. O menino Ricardo Clemente dos Santos, de 6 anos, morreu no local.

Mais conteúdo sobre:
acidentecaminhãoescola

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.