Motor tem problemas e voo da TAM faz pouso forçado em Paris

Passageiros disseram ter visto rastro de fogo saindo da turbina; companhia afirma que manutenção está em dia

ANDREI NETTO , CORRESPONDENTE / PARIS, HELOISA ARUTH STURM / RIO , O Estado de S.Paulo

12 Outubro 2012 | 03h02

O voo JJ8055 da TAM, que iria de Paris para o Rio de Janeiro na tarde de anteontem, teve de voltar ao Aeroporto Charles de Gaulle minutos após a decolagem por causa de problema técnico em um dos motores. O Airbus A330 com 201 pessoas a bordo decolou de Paris às 17h09 e fez um pouso forçado às 17h26 (horários de Brasília).

Em nota, a TAM informou que os passageiros foram acomodados em hotéis na região do aeroporto e receberam assistência da companhia. Às 18h43 de ontem, com um dia de atraso e ainda assustados, eles finalmente partiram para o Brasil.

Na quarta-feira, logo depois da decolagem, pessoas a bordo ouviram um forte estrondo em uma das turbinas. Várias disseram que um rastro de fogo saiu do motor, que foi desligado. "Ouvimos um barulho muito forte, como se tivéssemos colidido com um elefante", disse ao Estado o administrador de empresas Marcelo Plácido, de 44 anos.

A tripulação acendeu a sinalização de emergência e o aparelho começou a voltar ao aeroporto. Segundo os passageiros, não houve nenhum comunicado por parte da tripulação. "Foram 10 minutos aterrorizantes", disse o engenheiro Gabriel Besouchet Pinheiro. Ninguém ficou ferido.

No Brasil, uma nota oficial da TAM, divulgada quarta-feira à noite, informou que, por causa de "um problema técnico em um dos motores, o avião teve de retornar ao Aeroporto Charles de Gaulle". De acordo com a companhia aérea, o avião, fabricado em 2000, "está com seu plano de manutenção rigorosamente em dia e sua última inspeção ocorreu em 4 de outubro".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.