Motoqueiro é atropelado, perde a perna e morre na zona norte

Gedilson José Silva chegou a ser transferida pelo helicóptero Águia da Polícia Militar ao Hospital Municipal do M'Boi Mirim, mas não resistiu; motorista de Pálio Weekend fugiu

André Cabette Fábio, O Estado de S. Paulo

24 Abril 2013 | 13h56

SÃO PAULO - Um motoqueiro de 40 anos perdeu a perna esquerda e morreu depois de ser atropelado por um carro na manhã de sábado, 20, na zona norte de São Paulo. Com o membro amputado, ele chegou a ser transferido para um hospital na zona sul, mas não resistiu. O motorista do Pálio Weekend que o atingiu fugiu do local do acidente.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, tudo indica que a colisão, que ocorreu por volta das 7h30, foi frontal, já que a moto foi avariada na frente e na lateral esquerda. A vítima, o mensageiro Gedilson José Silva, chegou a ser transferida pelo helicóptero Águia da Polícia Militar ao Hospital Municipal do M'Boi Mirim, onde passou por cirurgia, mas faleceu 40 horas depois do acidente. Sua perna não foi encontrada.

O caso foi registrado no 72 º DP (Vila Penteado) como lesão corporal culposa na direção do veículo e fuga do local do acidente.

Atropelamento na Paulista. Um outro caso de atropelamento, amputação e fuga, na Avenida Paulista, causou comoção no início do mês passado. O operador de rapel David Santos Sousa, de 21 anos, foi atropelado pelo estudante de psicologia Alex Siwek, também de 21 anos, no dia 10.

A vítima pedalava para o trabalho de manhã numa ciclofaixa demarcada por cones quando foi atingida pelo Honda Fit do estudante de psicologia. O braço de David foi decepado e ficou preso dentro do carro de Siwek, que não prestou socorro e fugiu com o membro, descartado no Córrego do Ipiranga. Testemunhas afirmaram que o universitário dirigia em ziguezague e que teria derrubado alguns dos cones da faixa de ciclistas. No boletim de ocorrência consta que o motorista apresentava indícios de embriaguez.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.