Motoqueiro com 100 mil pontos nega acusações

O marceneiro Luiz Carlos Ribeiro, de 37 anos, que acumulou cem mil pontos em sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH), prestou depoimento ontem na Delegacia de Crimes de Trânsito (DCT). Ele alegou desconhecer a pontuação e negou que esteja envolvido com uma quadrilha que recebe dinheiro para transferir multas. A CNH de Ribeiro é de motociclista, mas recebeu pontos de multas de carros.

O Estado de S.Paulo

01 Março 2012 | 03h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.