Google Street View/Reprodução
Google Street View/Reprodução

Motociclista morre ao ser arrastado por enxurrada na divisa entre SP e MG

Jovem que estava na garupa também foi levada pela água, mas ficou presa em guard-rail e foi resgatada com ferimentos leves na Rodovia Adhemar de Barros

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

30 de novembro de 2016 | 10h19

SOROCABA - Um motociclista morreu após ser arrastado pela enxurrada durante a chuva forte que caiu na noite desta terça-feira, 29, na Rodovia Governador Adhemar Pereira de Barros (SP-342), em Águas da Prata, no interior de São Paulo. Uma jovem que estava na garupa da moto também foi arrastada, mas ficou presa na defensa metálica da rodovia e foi resgatada com ferimentos leves.

O acidente aconteceu no km 250 da rodovia, sob um temporal, segundo a Polícia Militar Rodoviária. O casal seguia de moto em direção a Poços de Caldas, quando a água acumulada sobre a pista começou a formar uma correnteza. A moto tombou no acostamento, e o casal foi arrastado.

A passageira ficou presa no guard-rail e foi salva por um caminhoneiro, que a levou ao hospital. O homem foi arrastado em um ponto em que a enxurrada havia arrancado a proteção da estrada e acabou caindo em uma vala ao lado da pista. Motoristas que estavam na rodovia acionaram os bombeiros. 

Equipes de São João da Boa Vista, em São Paulo, e de Poços de Caldas, em Minas Gerais, fizeram buscas e localizaram o motociclista, mas ele já estava morto. O homem estava sem documentos, que, segundo a polícia, provavelmente tenham sido pertidos na água. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade mineira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.