Motociclista é morto em briga de trânsito no meio da Marginal do Pinheiros

Pintor foi baleado e acabou morrendo no meio dos veículos, na zona sul; autor do disparo fugiu

Pedro da Rocha e Ricardo Valota, estadão.com.br

16 de junho de 2011 | 06h41

SÃO PAULO - Uma briga de trânsito terminou na morte de um motociclista, na noite de ontem na Marginal do Pinheiros, região do Brooklin, na zona sul de São Paulo.

O crime ocorreu na pista sentido Jaguaré, próximo à Ponte Estaiada. Segundo testemunhas, após discutir com um motorista, o motociclista foi baleado e ainda caminhou cerca de 15 metros antes de cair entre dois carros.

O pintor Aurélio Marcos Parreira, de 36 anos, que trabalhava em uma multinacional, não chegou a ser socorrido, morreu no local. O autor do disparo fugiu e uma testemunha chegou a anotar as placas de um veículo que acreditava ser do assassino.

Policiais da delegacia do Brooklin localizaram o proprietário, mas concluíram que a testemunha havia se enganado. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) assumiu as investigações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.