Epitácio Pessoa/AE - 20/6/2011
Epitácio Pessoa/AE - 20/6/2011

Mosteiro da Luz vai perder 56 árvores

Parte delas tem cupim; espécies nativas serão plantadas no lugar, diz Secretaria da Cultura

Carolina Spillari, estadão.com.br

15 Julho 2011 | 16h23

SÃO PAULO - O Mosteiro da Luz, na região central de São Paulo, deverá perder 56 árvores, informou a Secretaria de Estado da Cultura nesta sexta-feira, 15.

 

O corte não será imediato. Ainda depende da aprovação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp).

 

A Secretaria de Estado da Cultura fez um estudo para avaliar quais árvores precisam ser cortadas ou podadas. Parte delas tem cupim. De acordo com a Secretaria, as que forem cortadas serão substituídas por espécies nativas.

 

O Mosteiro da Luz é tombado nas instâncias municipal, estadual e federal.

Mais conteúdo sobre:
Mosteiro da Luz

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.