Divulgação
Divulgação

Nº de mortes por atropelamento cai 29,7% em rodovias concedidas de SP

Dados são referentes ao primeiro semestre de 2015; os acidentes envolvendo pedestres também recuaram, segundo a Artesp

Camila Santos, Especial para O Estado

07 de agosto de 2015 | 12h20

SÃO PAULO - O número de mortes por atropelamento em rodovias concedidas do Estado de São Paulo apresentou queda de 29,7% no primeiro semestre deste ano, segundo dados da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp). Entre janeiro e junho de 2015, houve registro de 92 vítimas, 39 a menos do que as contabilizadas ao longo do mesmo período do ano passado, quando o total foi de 131. 

Quanto aos acidentes envolvendo pedestres, também houve redução nos seis primeiros meses deste ano. Os números caíram de 386 para 295, o que aponta um recuo de 23,6% em relação às ocorrências registradas entre janeiro e junho de 2014.  

O atropelamento de pedestres representa 1,83% dos acidentes em rodovias do Estado de São Paulo. Por outro lado, 30,88% dos óbitos registrados na malha rodoviária estão relacionados a esse tipo de ocorrência, relatou a Artesp. 

A agência informou que desenvolveu o Programa de Redução de Acidentes (PRA) e outras ações de conscientização, em parceria com 20 concessionárias de rodovias de São Paulo, além de ter instalado 181 passarelas nos trechos urbanos das estradas que monitora. 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
São PauloArtesp

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.