MARCO AMBROSIO/FRAMEPHOTO - 11/2/2017
MARCO AMBROSIO/FRAMEPHOTO - 11/2/2017

Mortes em acidentes de trânsito caem 44% na capital em agosto

Redução é na comparação com agosto de 2016, mês com maior registro de acidentes naquele ano; no acumulado, queda é de 5,6%

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

19 Setembro 2017 | 19h00

SÃO PAULO - Dados do Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga) mostram uma redução de 44% nas mortes por acidente de trânsito na capital paulista no mês de agosto, na comparação com agosto do ano passado. O total de mortes caiu de 103 para 57 casos, segundo o sistema, que é de responsabilidade da gestão Geraldo Alckmin (PSDB).

É a terceira vez no ano que o Infosiga aponta redução nas mortes do trânsito cidade. Mas é a primeira vez que o total acumulado no ano fica menor do que o acumulado no mesmo período de 2016. Entretanto, para Sivila Lisboa, presidente do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, ainda é cedo para apontar que a gestão João Doria (PSDB) conseguiu reverter a tendência de aumento observada no município de São Paulo.

"Seria muito prematuro a gente apontar qualquer coisa. Seria necessário uma análise mais aprofundada", disse Silvia, que é responsável por coordenar o Infosiga.

Entre janeiro e agosto de 2017, 609 pessoas morreram na cidade por causa dos acidentes. No mesmo período do ano passado, havia sido 645. É uma diminuição de 5,6%.

As marginais registraram 3 das 57 mortes. No ano passado, em agosto, havia sido 2 das 103 casos.

O secretário municipal de Mobilidade e Transportes, Sergio Avelleda, também afirma que "é preciso aguardar a análise das causas", mas ele se disse "feliz" com o resultado. "Não havíamos feito nada para piorar a segurança do trânsito do ano passado para cá". Ele citou estudo de maio, feito pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) que apontou uma estabilidade nos acidentes registrados nas Marginais do Tietê e do Pinheiros após a mudança dos limites de velocidade nas vias.

Agosto de 2016 foi o mês com mais mortes no trânsito naquele ano. A média mensal de casos na cidade havia sido de 79 ocorrências por mês. Já agosto de 2017 é o mês com menos mortes neste ano. A média, atualmente, é de 78 ocorrências.

A redução na capital -- em um porcentual inédito desde que o Infosiga foi lançado, em 2015 -- puxou os índices do Estado como um tudo. A redução das mortes em São Paulo é de 12% (de 490 ocorrências em agosto de 2016 para 430 no mês passado). 

O Movimento e o Infosiga foram criados para acompanhar e tentar cumprir meta da Organização das Nações Unidas (ONU) estabelecida em 2011 e que determinava uma redução de 50% no número de mortes no trânsito, tomando aquele ano como base. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.