Morte ganha destaque na mídia mundial

Do Canadá a Taiwan, jornais de todo o mundo repercutiram ontem a prisão do goleiro Bruno. Sites da CNN e da BBC também noticiaram a história. Uma publicação americana chegou a comparar o caso com o do ex-jogador de futebol americano O. J. Simpson. Em 1994, ele foi acusado do assassinato de sua ex-mulher, Nicole Brown, e de seu amigo Ronald Goldman. Simpson foi inocentado anos depois.

, O Estado de S.Paulo

08 de julho de 2010 | 00h00

Nas reportagens internacionais, Bruno é apontado como goleiro do mais conhecido time de futebol do Brasil - muitos textos afirmam que sua defesa fica mais complicada após a prisão.

O jornal El País, da Espanha, deu destaque para o depoimento do adolescente J., segundo o qual Eliza morreu estrangulada. Os sites das revistas alemãs Bild e Focus também deram destaque para o caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.