Leonardo Soares/AE
Leonardo Soares/AE

Morte em plataforma do Metrô causa transtorno a passageiros

Uma das plataformas ficou fechada por mais de duas horas, tempo de espera de embarque foi superior ao normal

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

25 Fevereiro 2011 | 01h38

SÃO PAULO - Passageiros que utilizam a estação Barra Funda, da linha 3, Vermelha (Barra Funda - Itaquera), do Metrô enfrentaram uma dificuldade maior que a normal no final da noite de quinta-feira, 24. Uma das plataformas ficou fechada entre às 21h33 e 23h30, obrigando os usuários a utilizar uma segunda plataforma que começou a operar nos dois sentidos, após um homem, de 46 anos, segundo a Delegacia do Metrô (Delpom), se jogar na via férrea e ser atropelado pela composição.

A assessoria de imprensa do Metrô, até a 1 hora desta sexta-feira, assim como a Polícia Civil não sabiam informar sexo e idade do passageiro nem detalhes do ocorrido.

Internautas que estavam na estação, entraram em contato com o Twitter @estadão e informaram vítima era uma mulher e que a mesma teria passado mal antes de cair na via e ser atropelada. Porém, às 5h15 desta manhã, a polícia forneceu informações sobre a vítima e a causa da morte.

Com o fechamento de uma das plataformas, os usuários enfrentaram uma grande movimentação de pessoas tanto na estação Barra Funda quanto na estação Marechal Deodoro. O intervalo entre as composições aumentou de dois para três minutos.

Texto atualizado às 5h28

Mais conteúdo sobre:
Metrô, acidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.