Morte de motorista paralisa 3 linhas

O assassinato do motorista Marcelo Barbosa da Silva, de 31 anos, da Viação Sambaíba, durante um assalto na noite de segunda-feira, provocou ontem a paralisação de três linhas de ônibus na zona norte de São Paulo. O protesto dos funcionários da empresa pela morte do colega foi encerrado à tarde. Deixaram de circular 48 carros e 20 mil passageiros foram afetados. A polícia investiga o latrocínio (roubo seguido de morte). / WILLIAM CARDOSO

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.