WERTHER SANTANA/ESTADÃO
WERTHER SANTANA/ESTADÃO

Morte de idoso na Marginal do Tietê foi por 'imprudência', diz Doria

Homem de 75 anos foi atropelado na madrugada de terça; prefeito negou que acidentes tenham relação com aumento das velocidades

O Estado de S. Paulo

26 Abril 2017 | 20h03

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, 26, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), descartou que os acidentes nas Marginais do Tietê e do Pinheiros tenham relação com o aumento da velocidade nas pistas, que começou a entrar em vigor no dia 25 de janeiro. Doria ainda classificou o último acidente, que resultou na morte de um idoso de 75 anos, como "absoluta imprudência". 

"Nenhum dos acidentes até aqui têm relação direta com o aumento da velocidade na via expressa. Todos por imprudência, lamentavelmente. Inclusive desse pedestre, que cruzou a Marginal não se sabe por quê. Não se cruza a Marginal porque ela não liga nada a coisa nenhuma. Não há razão nenhuma para um pedestre cruzar a Marginal, exceto por absoluta imprudência", disse o prefeito. 

Na madrugada de terça-feira, Manoel Eurípedes de Sousa morreu após ser atropelado duas vezes na Marginal do Tietê. O acidente ocorreu por volta das 3 horas, quando o pedestre atravessava a via, na altura do bairro Bom Retiro, região central de São Paulo. 

Sousa foi atingido no sentido Ayrton Senna da pista expressa da Marginal por um carro e arremessado na direção de outro veículo, que não teve tempo de desviar ou frear. O acidente ocorreu nas proximidades da Ponte da Casa Verde, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Neste ano, a CET registrou oito mortes nas Marginais do Tietê e Pinheiros: o atropelamento de Sousa nesta madrugada e sete mortes envolvendo motociclistas. De acordo com a companhia, mais de 80% dos acidentes com vítimas nas Marginais envolvem motos. 

As pistas das Marginais do Tietê e do Pinheiros tiveram o limite de velocidade aumentado em 25 de janeiro, aniversário da capital, seguindo promessa de campanha de Doria. 

No domingo, 23, um motociclista morreu, também na Marginal do Tietê, quando a moto que ele conduzia fazia a transição da pista central para a pista local da via, no sentido Castelo Branco, e bateu em um carro.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.