Morre policial baleado em ataque a caixas eletrônicos no interior de SP

Cabo foi atingido durante ocorrência em Fernandópolis e não resistiu ao ferimento no pescoço; outros três policiais se feriram, mas já se recuperaram

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

15 Novembro 2016 | 16h51

SOROCABA – O cabo da Polícia Militar Claudio Roberto Florindo da Silva, de 40 anos, atingido por um tiro no pescoço durante ataque de criminosos a caixas eletrônicos, morreu nesta terça-feira, 15, em Fernandópolis, interior de São Paulo. Ele havia passado por uma cirurgia na Santa Casa da cidade para a retirada do projétil e estava em recuperação, mas voltou a passar mal e não resistiu. O corpo estava sendo velado no início da tarde na Câmara de Vereadores local. 4 PMs ficam feridos em ataque a caixa eletrônico em shopping de Fernandópolis

O cabo fazia parte da guarnição da PM que foi mobilizada durante o ataque de uma quadrilha com cerca de 20 integrantes aos caixas eletrônicos do Shopping Center Fernandópolis, na madrugada de sexta-feira, 11. Os bandidos tinham explodido o caixa eletrônico instalado na praça de alimentação e se preparavam para estourar outro equipamento, no lado externo, quando a polícia chegou.

Na troca de tiros, Silva foi atingido no pescoço. Outros três policiais se feriram, dois deles num acidente com a viatura durante a perseguição aos criminosos, mas já estão recuperados. Um suspeito de integrar a quadrilha foi preso em Ribeirão Preto, com fuzil e coletes à prova de balas. Os outros assaltantes continuam soltos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.