Morre menina atingida por bala perdida no Rio

Morreu ontem Adrielly dos Santos Vieira, de 10 anos, atingida na cabeça por bala perdida à 0h15 de 25 de dezembro em Piedade, no Rio. Ela foi operada apenas oito horas depois por falta de neurocirurgião no Hospital Municipal Salgado Filho. O médico escalado era Adão Orlando Crespo Gonçalves, que afirmou à polícia que tinha avisado o chefe há um mês que não faria mais plantão. Adrielly foi transferida para o Hospital Municipal Souza Aguiar. No dia 30, ela teve morte cerebral, mas o coração só parou ontem.

O Estado de S.Paulo

05 Janeiro 2013 | 02h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.