Divulgação
Divulgação

Morre Dona Edna, primeira-dama da escola de samba Acadêmicos do Tucuruvi

SÃO PAULO - O carnaval paulistano está de luto. Morreu, na manhã desta sexta-feira, 4, aos 74 anos, Edna Abdo Elselam, a dona Edna, esposa do presidente do Grêmio Recreativo Cultural Social Escola de Samba Acadêmicos do Tucuruvi, Hussein Abdo Elselam, o Senhor Jamil, de 78 anos. Dona Edna foi internada na quarta-feira, 2, após sofrer um acidente vascular cerebral.

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

04 de maio de 2012 | 07h18

 

Segundo nota divulgada na página da Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo no Facebook, "sempre ao lado do marido e à frente dos desfiles em cerca de 30 anos de desfiles na Tucuruvi, apenas em 2011, Dona Edna teve destaque em um desfile e veio sobre o abre-alas fantasiada de Fé Nordestina. Dona Edna deixou o marido, dois filhos e três netos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.