Ayrton Vignola/AE - 20/7/2010
Ayrton Vignola/AE - 20/7/2010

Morre designer atacado dentro de livraria em São Paulo

Henrique de Carvalho Pereira foi agredido com um taco de beisebol em dezembro do ano passado e estava em coma desde então; Justiça determinou que agressor fosse internado em manicômio

Priscila Trindade - Central de Notícias,

22 de outubro de 2010 | 09h35

SÃO PAULO - O designer Henrique de Carvalho Pereira, de 22 anos, que foi atacado com um taco de beisebol na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo, morreu na madrugada desta sexta-feira, 22. O crime aconteceu no dia 21 de dezembro do ano passado.

 

Segundo o Hospital das Clínicas de São Paulo (HC), onde ele estava internado desde que sofreu a agressão, o paciente morreu as 5h30 com falência de múltiplos órgãos. O corpo já foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML). Henrique estava internado na Unidade de Terapia Intensiva inconsciente e respirando com a ajuda de aparelhos.

 

O designer sofreu traumatismo craniano após ser agredido pelo personal trainer Alessandre Fernando Aleixo. Ele golpeou a vítima que lia um livro por volta das 14h15 na livraria. O agressor foi preso e autuado em flagrante por tentativa de homicídio, mas em agosto a Justiça determinou que ele fosse internado em um manicômio.

 

Texto atualizado às 10h30.

Tudo o que sabemos sobre:
DesignerLivraria Culturaataque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.