Morre acusado de atirar no comandante da Rota

VIOLÊNCIA

, O Estado de S.Paulo

03 de setembro de 2010 | 00h00

O acusado de cometer atentado contra o comandante das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) foi morto em um confronto com a polícia na madrugada de ontem em Itaquera, zona leste. O tenente-coronel Paulo Telhada diz ter reconhecido Fábio Santos de Oliveira, o Gordex, de 25 anos, como o atirador que tentou matá-lo na frente de sua casa, há um mês. Segundo a polícia, ele foi abordado por viaturas da Rota, mas fugiu. Ao sair do carro que dirigia, atirou contra os policiais, que reagiram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.