Morre acusado de atirar no comandante da Rota

VIOLÊNCIA

, O Estado de S.Paulo

03 de setembro de 2010 | 00h00

O acusado de cometer atentado contra o comandante das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) foi morto em um confronto com a polícia na madrugada de ontem em Itaquera, zona leste. O tenente-coronel Paulo Telhada diz ter reconhecido Fábio Santos de Oliveira, o Gordex, de 25 anos, como o atirador que tentou matá-lo na frente de sua casa, há um mês. Segundo a polícia, ele foi abordado por viaturas da Rota, mas fugiu. Ao sair do carro que dirigia, atirou contra os policiais, que reagiram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.