Moradores protestam contra falta de energia em Santo André

Manifestantes queimaram pneus e móveis em cruzamento; fornecimento foi restabelecido logo em seguida

Bruno Lupion, Estadão.com.br

02 Fevereiro 2011 | 03h52

SÃO PAULO - Cerca de 200 moradores protestaram na noite de terça-feira, 1, contra a falta de energia no Jardim Santa Cristina, em Santo André, na Grande São Paulo. Eles afirmavam que parte do bairro estava sem luz há três dias e botaram fogo em pneus e móveis no cruzamento da Rua Carneiro Ribeiro com a Rua Professor Nestor Pereira Leite.

 

Bombeiros foram ao local para combater as chamas e policiais militares acompanharam a manifestação. Não houve confronto e por volta da 0h30 de quarta-feira, 2, os moradores voltaram para suas casas.

 

Uma equipe da Eletropaulo foi ao bairro e restabeleceu o fornecimento de energia. A companhia informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que um transformador havia queimado, deixando as casas da Rua Professor Nestor Pereira Leite sem luz.

 

Inicialmente, a Polícia Militar havia indicado um número muito superior de manifestantes - em torno de mil.

 

Atualizado às 7h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.