Moradores fecham Marginal do Tietê por meia hora em protesto

Polícia não soube motivo da manifestação, que interditou via local na altura da Ponte Júlio de Mesquita Neto

Solange Spigliatti, estadao.com.br

16 Janeiro 2009 | 14h37

Um grupo de moradores de uma favela às margens da Marginal do Tietê, próximo à Ponte Julio de Mesquita Neto, na zona norte da capital paulista, interditaram a pista local da via por volta das 13h15 desta sexta-feira, 16, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).   Os manifestantes invadiram e ocuparam as três faixas da pista e liberaram o local por volta das 13h45. A Polícia Militar não tinha informações sobre o motivo do protesto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.