Moradores do Ipiranga têm casas alagadas após temporal

Na segunda, ruas do bairro ficaram alagadas e teto de uma loja caiu sobre carros, que ficaram destruídos

Da Redação,

27 Janeiro 2009 | 13h21

Os moradores da região do Ipiranga fazem uma "operação rescaldo" na manhã desta terça-feira, 27, depois do forte temporal que atingiu a capital paulista na tarde da segunda. O bairro foi um dos mais atingidos pelo temporal, várias ruas ficaram alagadas e o teto do fundo de uma loja de carros destruiu veículos que estavam no local. O temporal da segunda durou cerca de duas horas e causou mais de 40 pontos de alagamento, o que causou quase 170 km de congestionamento.   Veja também:  Vídeo: temporal alaga ruas no Ipiranga Foto: José Luis da Conceição/AE     A loja atingida fica na Rua Gentil de Moura, onde outras casas também ficaram alagadas. A água destruiu móveis e moradores limpavam suas casas na manhã desta terça.   Nesta terça, a capital deve ter uma tarde com muita nebulosidade. A previsão é de mais pancadas de chuva em pontos isolados no período da tarde. A máxima prevista para o dia é de 28ºC, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE).   No começo da tarde, a região do ABC paulista já tinha chuva forte. O temporal causou alagamentos na região e o motorista tinha dificuldades para sair da Rodovia Anchieta e acessar a Avenida Lions, em São Bernardo do Campo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.