Filipe Araújo/AE - 19/01/2010
Filipe Araújo/AE - 19/01/2010

Moradores de Mauá estão há quase dois dias sem luz

Região está sem energia desde o temporal de terça; cidade decretou estado de emergência

estadão.com.br,

20 Janeiro 2011 | 13h19

SÃO PAULO - Moradores do Jardim Zaíra 2, em Mauá, na Grande SP, permaneciam sem energia elétrica às 13 horas desta quinta-feira, 20. A região está sem luz desde o temporal de terça. Segundo a Eletropaulo, as primeiras reclamações de falta de energia foram feitas naquele dia, por volta das 18h30. Equipes trabalham no local para restabelecer o serviço.

 

Veja também:

linkMauá decreta estado de emergência

 

Ontem à noite, os moradores atearam fogo em móveis velhos, madeira e pneus em protesto contra a falta de energia elétrica nas casas e comércios da Avenida Vitório Brizante. "Perdi tudo que tinha na geladeira, carne, leite da criança. Hoje [quarta-feira] saí pro trabalho de manhã e quando voltei, à noite, ainda estava sem luz", disse Alziro Delfin de Souza, 46 anos, motorista de empilhadeira.

 

Segundo os moradores, a Eletropaulo já prometeu três horários distintos para religar a luz. "Não queremos confusão, apenas que liguem a energia. Quando a gente não paga a conta eles cortam rapidinho", reclamou.

 

Os bombeiros foram acionados e apagaram as fogueiras armadas no meio de rua. Durante a madrugada desta quinta-feira, 20, policiais militares da 4ª Companhia do 30º Batalhão Metropolitano acompanharam a movimentação dos moradores.

 

Água. O fornecimento de água já está sendo normalizado na cidade. Segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), pela manhã o serviço voltou ao normal. A empresa de Saneamento Básico do Município de Mauá (Sama) informou que o abastecimento é normal na maior parte da cidade, apenas nos bairros mais altos a situação ainda não foi normalizada. Segundo a Sama, até as 18h toda a cidade deve voltar a ter água.

 

Bruno Lupion, Marília Lopes e Priscila Trindade.

 

Notícia atualizada às 16h30.

Mais conteúdo sobre:
chuvas Mauá

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.