Moradores de Campinas sentem reflexo de terremoto na Argentina

Tremor de 6,9 graus ocorreu em Santiago del Estero, 960 km ao norte de Buenos Aires; não houve feridos

Priscila Trindade, da Central de Notícias, com Associated Press

01 Janeiro 2011 | 10h45

SÃO PAULO - Moradores de Campinas, no interior de São Paulo, sentiram um tremor na manhã deste sábado, 1º, por volta das 8 horas. Segundo a Defesa Civil da cidade, o abalo é reflexo do terremoto de magnitude 6,9 que atingiu a região norte da Argentina.

 

O epicentro do tremor, que ocorreu às 7h56 (horário de Brasília), foi a 151 quilômetros do nordeste da cidade de Santiago del Estero. Ainda não há relatos de feridos ou prejuízos materiais.

Foram registrados relatos de moradores dos bairros Jardim Taquaral, Jardim Pauliceia, Jardim Guanabara e Parque São Quirino. Por precaução, o órgão realiza vistorias nos locais para analisar se houve abalo nas estruturas. De acordo com o diretor da Defesa Civil, Sidnei Furtado, até as 10h20, nenhum dano foi constatado.

 

O epicentro do terremoto foi a 562 km de profundidade, segundo o serviço geológico dos Estados Unidos, e a 960 km ao norte de Buenos Aires.

Mais conteúdo sobre:
terremoto Campinas Argentina tremor

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.