Moradores da zona sul de SP protestam contra a falta de energia

Avenida Juntas Provisórias chegou a ser bloqueada pelos manifestantes; segundo eles, a região ficou sem luz por dois dias

O Estado de S. Paulo

21 de março de 2015 | 20h35

SÃO PAULO - Cerca de cem moradores de um conjunto habitacional na região de Heliópolis, zona sul de São Paulo, fizeram um protesto na noite deste sábado, 21, contra a falta de luz.

A Avenida Juntas Provisórias, na altura do número 1.600, chegou a ser bloqueada por barricadas feitas com pneus, pedaços de madeira e colchões. A Polícia Militar acompanhou o ato e, às 20 horas, a via já estava liberada.

Segundo os moradores, a falta de energia já durava 48 horas na região. A AES Eletropaulo informou que enviou equipes ao local, que repararam a rede de luz às 20h10. Segundo a empresa, a rede havia sido atingida por uma objeto, como um galho, o que causou o problema.
Tudo o que sabemos sobre:
Protestofalta de energia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.