Moradores da zona leste de SP incendeiam dois ônibus em protesto

Ato era em repúdio à morte de menina encontrada com ferimentos de facão por volta do meio-dia; ninguém ficou ferido no protesto

O Estado de S. Paulo

07 Maio 2015 | 19h07

SÃO PAULO - Dois ônibus foram incendiados no início da noite desta quinta-feira, 7, em um local próximo ao Terminal Rodoviário Cidade Kemel, no extremo leste da capital paulista. Ninguém ficou ferido.

A Polícia Militar informou que os veículos foram incinerados na Avenida Kemel Addas pelos moradores da região, em protesto contra a morte de uma menina. A criança foi encontrada por volta das 12 horas desta quinta-feira na Rua Desembargador Isnard do Reis, no Itaim Paulista, com ferimentos de facão no corpo.

O corpo de Bombeiros enviou seis viaturas ao local e, antes das 19 horas, o fogo já havia sido apagado. Um helicóptero Águia da PM também acompanhou a ação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.