Moradores da Vila Ema ainda esperam criação de parque

Moradores da Vila Ema, na zona leste, lutam para evitar a construção de quatro torres em uma área de 17 mil m2. Residência de imigrantes alemães desde a década de 1950, a propriedade foi comprada pela construtora Tecnisa, cujo projeto prevê a preservação do verde. Moradores querem um parque e fizeram abraço coletivo no terreno em julho de 2010. Três meses depois, a Prefeitura publicou decreto considerando a área de utilidade pública. Mas a criação do parque ainda está sendo estudada.

Márcio Pinho, O Estado de S.Paulo

17 Julho 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.