Moradores cobram soluções para coleta de lixo

Houve reclamações na reunião que apresentou os resultados da pesquisa sobre o Borel. "Não existe lugar para botar lixo. Também acabaram com os garis comunitários", disse um morador. "É esse tipo de interação que a gente quer suscitar", respondeu Ricardo Henriques, presidente do Instituto Pereira Passos. Segundo ele, a contratação de garis comunitários foi suspensa pelo Ministério Público e está em teste no Morro do Alemão um triciclo que entra em vielas onde o caminhão não chega.

Felipe Werneck, O Estado de S.Paulo

21 de abril de 2011 | 00h00

A representante da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos, Tatiana Ferreira, afirmou que não há caçambas de lixo porque elas "são levadas ou são destruídas em menos de um mês". "Precisamos de apoio", disse ela, que reconheceu nunca ter ido à área pintada de vermelho no mapa, definida como a mais vulnerável, que fica no alto da Ladeira do Moreira, próximo da mata, onde a iluminação é escassa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.