Moradores agora evitam críticas ao novo local

A repercussão causada pela mudança na localização da Estação Angélica (Linha 6-Laranja) do Metrô, no mês passado, levou moradores de Higienópolis a evitar críticas ao novo local definido pela companhia.

Renato Machado e Vitor Hugo Brandalise, O Estado de S.Paulo

17 de junho de 2011 | 00h00

"Teve muita gente que reclamou, mas fizeram a mesma coisa na época em que construíram o shopping (Pátio Higienópolis) e hoje todo mundo gosta", diz o empresário Duda Franco, de 40 anos. Ele acrescenta, no entanto, que é preciso fiscalização para que não haja invasão de ambulantes. "E a saída lá embaixo será boa para os estudantes. Só seria melhor se fosse aberta quando eu estudei lá (na Faap)", brinca.

Opinião parecida tem a engenheira Aline Paula Marques, de 29 anos, que mora na Sergipe, mas agora está mais distante da estação. "Antes ficava do lado da minha casa, mas tudo bem. Acho que valoriza o bairro."

Estudantes da Faap aprovaram a nova estação. "Tem dia que desanima vir de transporte público e venho de carro. Vai melhorar", diz a estudante de Administração Thaís Mizikami, de 19 anos, do Tatuapé.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.